A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu pela primeira vez que a posse de armas é fundamental para a liberdade do país. O tribunal afirmou hoje que a possibilidade prevista na Segunda Emenda da Constituição de se manter e portar armas é um direito fundamental, que deve ser respeitado pelos Estados da federação.

“Autodefesa é um direito básico, reconhecido por muitos sistemas legais em épocas antigas”, escreveu o magistrado Samuel Alito. Após a decisão, os juízes federais poderão derrubar leis estaduais e municipais sobre o tema porque a Segunda Emenda foi elevada à categoria de direito fundamental. As informações são da Dow Jones.