O número de mortos no festival de música eletrônica Love Parade subiu para 19 no domingo, um dia após o desastre na cidade alemã de Duisburg. O evento será extinto.

O desastre aconteceu enquanto a polícia tentava impedir o acesso ao túnel de entrada do festival devido à superlotação. Os mortos foram pisoteados.

O fundador do festival, o maior evento de música techno do mundo, jurou que o Love Parade nunca mais acontecerá.

 

“O Love Parade sempre foi um evento tranquilo e uma festa feliz, mas se continuasse seria sempre assombrado pela tragédia”, explicou Rainer Schaller durante uma coletiva de imprensa. “O Love Parade acabou”, sentenciou.

As autoridades locais foram questionadas duramente durante a coletiva, mas deram poucos esclarecimento sobre o porquê de centenas de milhares de pessoas terem sido forçadas para dentro de um só túnel.

De acordo com a mídia alemã, pelo menos 1,4 mi de pessoas compareceram ao festival, mas a polícia não confirma este número. As notícias são da Associated Press.