A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, será submetida a uma cirurgia nesta terça-feira de manhã para a drenagem de um coágulo no cérebro, diagnosticado no último sábado.

Nota divulgada pelo hospital da Fundação Favaloro confirmou que a presidente foi internada novamente para preparação e exames cardiovasculares pré-cirúrgicos.

A nota informou que a presidente teve “sensação de formigamento e perda transitória da força muscular no braço esquerdo”.