A Federação Internacional da Cruz Vermelha estimou hoje que até 3 milhões de pessoas tenham sido afetadas pelo forte terremoto que atingiu ontem o Haiti. O tremor, de 7 graus na escala Richter, causou muita destruição na capital do país, Porto Príncipe. Autoridades locais estimam que deve haver centenas de mortos.

Um porta-voz da Cruz Vermelha, Paul Conneally, disse que o fato de o tremor ter ocorrido perto de Porto Príncipe “não é um bom indicador”. Ele lembrou que o Haiti é um dos países mais pobres no Hemisfério Norte e não está preparado para lidar com um grande desastre.

Conneally disse hoje que levará entre 24 e 48 horas para se ter uma estimativa mais clara sobre a escala da destruição. Enquanto isso, grupos humanitários internacionais, incluindo a Cruz Vermelha, lançaram um grande esforço para auxiliar o Haiti. Além do envio de ajuda, a prioridade é tentar salvar pessoas entre os escombros e montar hospitais emergenciais para os feridos.