O cultivo de coca na Colômbia disparou em 2016 a níveis sem precedentes, mesmo com décadas de esforços milionários para acabar com o narcotráfico no país, segundo estatísticas divulgadas nesta terça-feira pelo governo americano.

A Colômbia encerrou 206 com 188 mil hectares de cultivos ilícitos, 18% a mais que no ano anterior. As plantações vêm aumentando desde 2012, quando existiam 78 mil hectares. Em 1999, quando se iniciou a campanha contra o narcotráfico Plan Colômbia, houve um pico em 2011, com 123 mil hectares e, depois, uma tendência de queda desde 2007.

Esses cultivos, que a Oficina Nacional de Políticas para o Controle de Drogas realiza mediante imagens via satélite, traduzem-se em uma produção potencial de 710 toneladas métricas de cocaína, 37% a mais que no ano anterior. O consumo de cocaína nos EUA, principal destino da droga colombiana, permanece praticamente estável, segundo o informe. Fonte: Associated Press.