O Congresso norte-americano recebeu hoje uma carta de renúncia do deputado por Illinois Jesse Jackson Jr., filho de um famoso defensor dos direitos direitos civis para os negros.

Desde junho, o congressista está afastado para tratamento de transtorno bipolar. Deputado pelo partido Democrata desde 1995, Jackson havia sido reeleito para o nono mandato nas eleições do dia 6 de novembro, apesar de não ter feito campanha.

A renúncia aciona automaticamente uma eleição especial para o posto, que deve ser convocada pelo governador de Illinois e ocorrer em até 115 dias. A esposa de Jackson, Sandi, é uma das cotadas para concorrer.