O deputado democrata Xavier Becerra afirmou na terça-feira (16) que continuará na Câmara dos Representantes e não aceitará o convite para ser o representante comercial dos Estados Unidos no governo do presidente eleito Barack Obama. Filho de imigrantes, Becerra surgiu como favorito para ocupar o cargo e se reuniu com Obama no início do mês. Em entrevista à Associated Press, o deputado indicou que desejava permanecer como legislador, a fim de trabalhar em temas como a reforma migratória e a universalização do sistema de saúde norte-americano.

Becerra afirmou que já avisou a equipe de transição sobre a decisão. Ele se disse entusiasmado inicialmente com a sondagem, porém “não estava seguro se ao fim ia desejar somente me dedicar ao comércio”.

O legislador de origem latina foi eleito recentemente para seu nono mandato como representante de Los Angeles. Acaba de ser eleito vice-líder da maioria democrata na Câmara dos Representantes. Visto como protecionista, Becerra luta para que se implementem proteções trabalhistas nos acordos de livre-comércio, liderando a oposição ao tratado comercial com a América Central, por considerar a região muito fraca nesse quesito.

Com a saída de Becerra da disputa, circulam outros nomes para o posto, entre eles o do prefeito de Dallas, Ron Kirk, também cotado para a secretaria de Transportes. Kirk não quis comentar as especulações.