Cerca de 10 mil pessoas fugiram para o Sudão, do Sudão do Sul, onde as tropas do governo e rebeldes têm se enfrentado desde o mês passado, segundo a agência de refugiados da ONU.

“Estas são pessoas que confirmaram que cruzaram a fronteira, que fugiram do conflito”, disse Nicolas Brass, diretor de relações externas do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) à AFP. Fonte: Dow Jones Newswires.