O porta-voz da secretaria de Segurança Pública do governo federal do México disse hoje que foram encontrados 12 corpos de agentes da polícia federal mexicana no fundo de uma ribanceira, ao lado de uma rodovia. Monte Alejandro Rubido disse que os corpos dos onze homens e uma mulher tinham marcas de torturas. Todos foram executados. Em cada corpo foi encontrado um bilhete com ameaças contra a polícia federal mexicana.

Rubido disse que os 12 agentes foram sequestrados pelos criminosos quando estavam fora de serviço, no Estado de Michoacán, infestado pelos cartéis da droga. O procurador de Michoacán, Jesus Montejano, havia dito na manhã desta terça-feira que os doze corpos eram de soldados, mas o Exército negou a versão.