Uma fonte do conselho eleitoral da Venezuela afirmou, neste sábado, que é provável que as eleições presidenciais no país aconteçam na próxima semana. Nicolás Maduro, o sucessor escolhido pelo falecido líder esquerdista, Hugo Chávez, pressionou o conselho a organizar as eleições “imediatamente”. Ele foi empossado como presidente interino na sexta-feira (08), em uma cerimônia boicotada pela oposição, que questiona a constitucionalidade do cargo.

Segundo a fonte, o conselho eleitoral deve se reunir ainda neste sábado para decidir a data da votação, e que o dia “mais provável” seria 14 de abril. A imprensa local confirmou a informação, e o jornal El Universal disse que os candidatos poderão se registrar a partir do domingo (10). O líder da oposição, Henrique Capriles, que perdeu para Chávez na eleição de outubro, é o adversário mais provável de Maduro. As informações são da Dow Jones.