O ano de 2006 foi considerado o mais seguro da aviação internacional pela Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata), entidade internacional que representa 240 companhias aéreas em todo o mundo, entre elas a TAM e a Varig.

De acordo com o diretor de comunicação para a América do Norte da Iata, Steve Lott, a média global de acidentes aéreos em 2006 foi de 0,65 acidentes por um milhão de partidas. Os locais com maior número de acidentes aéreos foram, respectivamente, a Rússia, com 8,6 acidentes por um milhão de partidas, seguido pela África, com 4,3, e a América Latina e Caribe, com 1,8. A Europa registrou apenas 0.32 acidentes para cada milhão de partidas, e o Oriente Médio não registrou acidentes aéreos no ano passado.

Apesar do balanço de 2006 mostrar que a aviação internacional ainda é segura, a Iata, segundo Lott, tem como objetivo reduzir em 25% o total de acidentes aéreos no mundo.