O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, informou hoje, em entrevista realizada no Itamaraty, em Brasília, que a Embaixada do Brasil em Porto Príncipe foi “muito danificada” pelo terremoto de 7 graus na Escala Richter ocorrido ontem no Haiti, mas não houve vítimas. Ele disse que os três diplomatas e quatro funcionários da Embaixada estão bem, provisoriamente alojados num centro cultural brasileiro.

Amorim informou também que o encarregado de Negócios do Brasil no Haiti, Cláudio Campos, já foi instruído a tentar contatos com organizações não-governamentais (ONGs) no Haiti, além da Viva Rio, que já está fornecendo informações à imprensa brasileira, e também com outros brasileiros que desenvolvem trabalhos no país caribenho, em associação ou não com organizações internacionais.