Empresas japonesas poderão sair do Reino Unido nos próximos meses se o país não chegar a um acordo pós-Brexit promissor, alertou o embaixador do Japão no Reino Unido, Koji Tsuruoka, em entrevista à rede de TV Sky News. Na entrevista, ele afirma que empresas japonesas estão reduzindo o investimento no Reino Unido em meio à incerteza. Ele ponderou, entretanto, que não deve demorar para ser fechado um acordo comercial pós-Brexit entre Reino Unido e Japão. Segundo a Sky News, Nissan e Honda estariam reduzindo a produção no Reino Unido.

Embora ambas as empresas tenham enfatizado que a decisão não foi tomada por causa do Brexit, Tsuruoka disse que muitas das cerca de mil empresas japonesas no Reino Unido estão avaliando como se adaptar à vida pós-Brexit. “Todas são empresas globais e, portanto, têm outras possibilidades além de permanecer. Elas podem se realocar. Ou podem se combinar ou se consolidar. Mas você não pode tomar essas decisões até saber o que vai acontecer a seguir”, disse Tsuruoka, à Sky News.

Segundo o embaixador, a maioria das empresas japonesas gostaria de expandir sua capacidade em território britânico, mas elas precisam saber como ficará o relacionamento econômico entre o Reino Unido e a União Europeia. “Muitos desses investimentos potenciais estão sendo colocados em espera agora porque não se consegue convencer os investidores de que esses são os investimentos certos a serem feitos hoje”, afirmou o embaixador, à Sky News. “É por isso que a incerteza de não ter algum tipo de perspectiva futura informada dificulta muito novos investimentos.” Leticia Pakulski – leticia.pakulski@estadao.com)