Foi encontrado hoje o corpo de Walter Vera, de 31 anos, um dos quatro mineiros soterrados a 150 metros de profundidade na jazida Casa Negra, em Portovelo, no Equador. A informação é do subsecretário do Desenvolvimento, Jorge Espinosa. Além dele, estão presos ainda Paul Aguirre, Pedro Mendoza e Angel Vera, irmão da vítima.

Por telefone, Espinosa afirmou que as buscas continuarão e que a equipe de resgate se encontra próxima da região onde estavam os outros mineiros. “Temos esperanças de encontrá-los vivos.” O subsecretário esclareceu que a sonda usada para estabelecer contato com os mineiros ainda não foi instalada e que por isso ainda não foi possível tentar nenhum tipo de contato com os outros trabalhadores.

O acidente ocorreu na madrugada de sexta-feira em um túnel no quinto nível de uma mina de ouro perto da cidade de Portovelo, cerca de 400 quilômetros ao sudoeste da capital do Equador, Quito. As primeiras informações são de que uma infiltração teria debilitado a estrutura e provocado o desmoronamento. As informações são da Associated Press.