O ministro da Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, afirmou hoje em sua conta no Twitter que o governo do presidente Nicolás Maduro enfrenta uma tentativa de golpe. Segundo o ministro, trata-se de um grupo “reduzido” de militares “traidores” que se posicionaram no Distribuidor Altamira para “promover um golpe contra a Constituição e a paz da República”.

Segundo a autoridade, a tentativa conta com a participação da “ultradireita golpista e assassina, em aparente referência ao líder oposicionista Juan Guaidó. Presidente da Assembleia Nacional e autoproclamado presidente interino, Guaidó anunciou mais cedo que teria o apoio das Forças Armadas e convocou a população às ruas para derrubar Maduro. O governo, por sua vez, pediu que as pessoas tomem as ruas para defender o regime.