Pelo menos cinco pessoas morreram e 12 ficaram feridas, neste domingo, após serem esfaqueadas por um homem japonês que começou a atacar os pedestres de Akihabara, um popular bairro do centro de Tóquio, informou Jiro Akagu, porta-voz da polícia local.

O ataque ocorreu no horário do almoço e paralisou a área. A polícia informou que deteve Tomohiro Kato, de 25 anos, no local.

Segundo a emissora pública japonesa NHK, Tomohiro Kato disse estar "cansado da vida".

Antes do ataque, Kato, que conduzia um caminhão, tentou atropelar uma multidão de pedestres.

Toshiyuki Miyake, porta-voz do Departamento de Bombeiros de Tóquio, afirmou que cinco das vítimas tiveram parada cardíaca.