A polícia espanhola informou que prendeu nesta quarta-feira (17) Paolo Pesce, suspeito de pertencer à máfia napolitana, foragido há 17 anos. Ele foi preso na cidade costeira do sul da Espanha de Fuengirola, segundo um porta-voz. A polícia informou que Pesce é um membro do clã Mariano, ramificação da Camorra, e foge das autoridades desde 1991 quando foi sentenciado à prisão perpétua por assassinato. Ele foi detido sob um mandado de prisão válido na Europa. A agência EFE informou que Pesce foi detido em uma loja usada para realizar telefonemas internacionais.