Médicos na Espanha realizaram pela primeira vez no mundo um duplo transplante de pernas, dando novos membros inferiores a um paciente que havia perdido suas duas pernas até o meio da coxa em um acidente.

O governo regional de Valência informou que a equipe cirúrgica foi liderada por Pedro Cavadas, que em 2009 realizou o primeiro transplante de face do país, e o primeiro de todos a incluir uma nova língua e uma mandíbula. O comunicado do governo afirma que a operação, realizada no Hospital La Fe, em Valência, foi extremamente complexa e Cavadas deve esperar pelo menos 48 horas para divulgar mais informações sobre o caso.

“Hoje, nós podemos dizer que um marco foi alcançado”, afirmou o médico Rafael Matesanz, diretor da Organização Nacional de Transplantes. Outro funcionário da entidade, pedindo anonimato, disse que a operação começou na noite de ontem e durou entre 13 e 14 horas.

A fonte não deu detalhes sobre a recuperação do paciente, porém revelou que, se houver rejeição, isso deve acontecer quase imediatamente. O funcionário acrescentou que levará um mês para os médicos saberem quão bem sucedida foi a cirurgia.

Médicos já tentaram dar a pacientes pernas artificiais, porém nunca houve sucesso com um paciente que havia perdido um pedaço tão grande das pernas. A operação foi aprovada em 2010 e desde então os médicos esperavam que as pernas fossem doadas. Não foram divulgadas informações sobre o doador nem sobre o receptor dos membros. As informações são da Associated Press.