A mulher do ex-presidente do Egito Hosni Mubarak, Suzanne, foi transferida para uma unidade de terapia intensiva após sofrer um ataque cardíaco hoje, horas depois de ter sua prisão decretada num caso de corrupção, informou a televisão estatal.

“Suzanne Thabet foi transferida para uma unidade de terapia intensiva do hospital de Sharm el-Sheikh após ter sofrido um ataque cardíaco”, informou a emissora, referindo-se ao resort no Mar Vermelho onde Mubarak e a mulher residem.

Segundo Mohammed Fathallah, diretor do hospital, a senhora Mubarak teve “suspeita de ataque cardíaco e uma forte elevação da pressão sanguínea”. “Ela será mantida sob observação”, disse ele, em comunicado.

A informação foi divulgada horas depois de a Autoridade sobre Ganhos Ilícitos ter decretado a prisão de Suzanne Mubarak por 15 dias sob acusação de enriquecimento ilícito. Os preparativos para sua transferência para a prisão já estavam sendo realizados. O ex-presidente Mubarak, que foi detido em 13 de abril, está no mesmo hospital após ter sofrido um ataque cardíaco quando foi interrogado pela primeira vez. As informações são da Dow Jones.