O Estado Islâmico informou nesta quinta-feira, 31, que Abu Ibrahim al-Qurayshi foi escolhido como sucessor de Abu Bakr al-Baghdadi, morto pelos Estados Unidos. O anúncio foi feito em áudio distribuído pelos canais usados pelo grupo para se comunicar com seus seguidores. No mesmo comunicado, o EI também confirmou, pela primeira vez, a morte do antigo líder. O áudio termina com uma ameaça aos EUA: “A nova liderança fará com que os dias de Baghdadi pareçam doces.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.