O Departamento de Estado americano ordenou que a Bielo-Rússia feche sua embaixada em Washington e seu consulado em Nova York, além disso decidiu fechar a embaixada americana na capital bielo-russa em uma escalada dos atritos diplomáticos entre os dois países.

Autoridades disseram que foi dado prazo até o dia 16 de maio para que a Bielo-Rússia retire seis diplomatas das duas missões e informaram que a embaixada americana em Misk fechará suas portas amanhã. A medida fica a um passo do rompimento das relações diplomáticas com a ex-república soviética.

Os Estados Unidos são um dos mais duros críticos do presidente autoritário da Bielo-Rússia e as relações entre os dois países se deterioraram notavelmente este ano em meio às pressões de Washington para que a Bielo-Rússia liberte prisioneiros políticos ou enfrente sanções punitivas.

Na última quarta-feira (dia 29), a Bielo-Rússia ordenou que boa parte do pessoal da embaixada dos EUA em Minsk deixe o país em 72 horas. As informações são de agências internacionais.