O congressista da Câmara dos Representantes Jim Bridenstine, republicano de Oklahoma, é cotado como o principal candidato a se tornar o próximo chefe da NASA, de acordo com fontes familiarizadas com o assunto. Bridenstine tem um histórico de apoio tanto aos empreendimentos espaciais comerciais como aos programas de exploração tripulados tradicionais.

O nome do legislador surgiu no início do processo de transição da administração Trump, e ele foi entrevistado pelo vice-presidente eleito Mike Pence. Mas fontes que acompanham a escolha enfatizaram que Bridenstine ainda está esperando por uma assinatura final do presidente eleito Donald Trump e de seus principais assessores.

Congressista no terceiro mandato e apoiador de Trump antes da eleição geral, Bridenstine também foi considerado e entrevistado como um possível candidato a Secretário da Força Aérea. O anúncio sobre a liderança da Aeronáutica Nacional e da Administração Espacial pode ser feito já na próxima semana, de acordo com autoridades da indústria aeroespacial e outros que acompanham o processo. No sábado, assessores de Trump não quiseram comentar o assunto.

A expectativa é de que Pence desempenharia um papel importante nos esperados debates sobre a política espacial, mas o desafio principal do futuro chefe da NASA será equilibrar demandas de recursos concorrentes. O novo responsável pela agência espacial, entre outras coisas, terá de lidar com o debates se os astronautas dos EUA devem retornar à superfície da Lua e escolher missões preparatórias para viagens tripuladas a Marte. Fonte: Dow Jones Newswires.