Faz 40 anos que os documentos do Pentágono foram vazados para a imprensa norte-americana e lidos com interesse praticamente no mundo inteiro. Não restou muita coisa oculta nesses papéis então considerados secretos. A não ser para o governo dos Estados Unidos.

O Centro de Desclassificação do Arquivo Nacional dos EUA agora trabalha na liberação do texto integral dos documentos, referentes ao envolvimento do governo norte-americano no Vietnã. Também serão liberados os documentos usados como base para os arquivos oficiais e o material referente à investigação do vazamento desses papéis por Daniel Ellsberg, em 1971.

O vazamento dos documentos do Pentágono proporcionou uma importante vitória para os defensores da liberdade de imprensa quando a Suprema Corte dos EUA sustentou o direito dos jornais de publicarem o teor dos despachos secretos. Susan Cooper, porta-voz do Arquivo Nacional dos EUA, confirmou hoje que o centro trabalha na liberação integral do material. As informações são da Associated Press.