A administração norte-americana notificou o Congresso dos Estados Unidos sobre uma venda “significativa” de aviões e helicópteros militares para a Arábia Saudita, com um valor de até US$ 60 bilhões, informou um funcionário graduado do governo. Se a venda de equipamentos for aprovada, será o maior acordo de armamentos já fechado pelos Estados Unidos.

O plano permite a venda de 84 caças de combate F-15, helicópteros de ataque Apache, helicópteros táticos Black Hawk e helicópteros leves Little Birds, frequentemente usados em operações especiais, disse o secretário-assistente para assuntos político-militares, Andrew Shapiro. A venda “não deverá exceder US$ 60 bilhões”, disse Shapiro para jornalistas, e a entrega dos armamentos será feita entre 15 e 20 anos. As informações são da Dow Jones.