Os Estados Unidos estão planejando armazenar equipamentos militares pesados na Polônia, disse neste domingo o ministro de Defesa do país do Leste Europeu, Tomasz Siemoniak. A Polônia acredita que sua segurança está ameaçada pelas ações hostis da Rússia na Ucrânia e vem reivindicando uma presença permanente dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em seu território e na região.

Em uma postagem no twitter, Siemoniak disse que conversou no mês passado com o secretário de Defesa dos EUA, Ashton Carter, sobre o armazenamento de equipamentos pesados na Polônia. “Uma decisão está próxima”, escreveu.

Ele não especificou, no entanto, o número ou o tipo de equipamento que estava sendo discutido. Uma decisão desse tipo precisa ser aprovada pela Casa Branca e pelo secretário de Defesa dos EUA.

Siemoniak disse à agência de notícias PAP que esses equipamentos permaneceriam na Polônia por “anos e décadas”. “Não é uma reação temporária à crise”, afirmou.

O porta-voz do Comando Militar Geral da Polônia, coronel Artur Golawski, disse no twitter que o país já está estudando locais onde os equipamentos poderiam ser guardados.

De acordo com analistas, o posicionamento de equipamentos pesados em áreas de possíveis ameaças ajuda a acelerar a reação a um evento, já que o deslocamento de tropas é muito mais fácil e rápido.

Forças da Otan estão realizando exercícios militares em terra, ar e mar neste mês na Polônia, nos Estados Bálticos e na Romênia, após esses países terem pedido maiores garantias de segurança. Fonte: Associated Press.