O empresário Donald Trump, pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, pediu neste sábado mais transparência no financiamento das campanhas. Trump aproveitou para atacar a campanha de seu oponente Jeb Bush, por usar um comitê independente de arrecadação, conhecido como super PAC, para seu financiamento.

Durante comício realizado em Hampton, Trump questionou a capacidade dos comitês em se manterem independentes da campanha oficial do candidato. Segundo as regras de financiamento de campanha dos Estados Unidos, os comitês de arrecadação podem receber doações ilimitadas, desde que essas não sejam coordenadas à campanha.

Trump está financiando a sua própria campanha. Ele tem se mostrado relutante em usar seus contatos pessoais para pedir apoio em esforços políticos e se recusou a chamar doadores ricos para criar um Super PAC.

A campanha de Bush, que também é republicano, já arrecadou mais de US$ 100 milhões através de um super PAC. Trump criticou o fato de as pessoas que coordenam o comitê de seu oponente serem muito próximas de Bush. Os representantes da campanha de Bush, no entanto, afirmam estar respeitando a lei.

Os ataques entre os três principais pré-candidatos republicanos, Bush, Trump e Rand Paul, têm aumentado nas últimas semanas. Fonte: Dow Jones Newswires.