O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, promoveu sua estratégia “América em primeiro lugar” durante visita a Cleveland, Ohio, dias antes das primárias das eleições de meio de mandato no Estado. Ele disse que as políticas comerciais protecionistas e suas políticas mais isolacionistas vão beneficiar os norte-americanos. Segundo o presidente, sua posição mais dura tem como objetivo buscar igualdade de condições no comércio internacional, quando “outros países se colocam em primeiro lugar”. “Vamos cuidar do nosso povo”, disse.

Trump passou várias horas em Ohio se encontrando com apoiadores e participando de uma mesa redonda para destacar os benefícios da nova lei tributária dos EUA. O presidente também disse estar esperando por seu encontro com o líder norte-coreano, Kim Jong Un. “A data e o local estão definidos”, disse, sem tentar prever o resultado da reunião. “Vamos ver o que acontece.”

Trump também criticou a política de imigração dos EUA, dizendo que as pessoas que entram ilegalmente no país se aproveitam da prática de “prender e soltar” das autoridades, e depois não comparecem às suas audiências nos tribunais. “Talvez tenhamos que fechar nosso país para deixar isso bem claro”, afirmou.

O presidente também participou de um evento para arrecadar fundos para o Trump Victory, o comitê conjunto de financiamento de sua campanha e do Comitê Nacional Republicano. Durante sua visita, ele pediu que os eleitores apoiassem o deputado republicano Jim Renacci na disputa ao Senado. Renacci está concorrendo contra o senador democrata Sherrod Brown. Trump criticou Brown, que, segundo ele, também apoia políticas de imigração menos rigorosas. Fonte: Associated Press.