Uma forte explosão e pesada troca de tiros foram ouvidas perto de um complexo da Organização das Nações Unidas na capital da Somália, Mogadiscio, nesta quarta-feira, segundo fontes da ONU e um repórter da AFP. Os rebeldes do grupo Shebab, que tem ligações com a Al-Qaeda, assumiram a responsabilidade pelo ataque.

“Nossos soldados atacaram o complexo da ONU… Nós acionamos uma explosão e entramos no complexo, onde estamos lutando contra as forças infieis”, disse um oficial sênior do Shebab. Contudo, as falas do oficial do grupo entram em contração com declarações feitas por uma fonte da ONU que afirmou que os atiradores não conseguiram entrar no local.

A explosão foi ouvida do lado fora do complexo da ONU – que inclui tanto áreas residenciais quanto escritório – perto do aeroporto de Mogadiscio. Uma outra fonte da ONU em Nairóbi disse que todos os funcionários estavam em uma zona segura. Fonte: Dow Jones Newswires.