Uma forte explosão em um importante cruzamento no centro de Bangcoc, na Tailândia, matou ao menos três pessoas e feriu outras 25, de acordo com a polícia. A explosão ocorreu por volta das 19h do horário local (9h, de Brasília), quase em frente ao santuário Erawan do deus hindu Brahma, visitado por milhares de budistas diariamente.

Um repórter da Associated Press que está no local disse que viu três pessoas mortas, enquanto que um repórter do canal de televisão Thai PBS disse que contou ao menos 12 corpos.

As autoridades ainda não sabem o que causou a explosão. Segundo a polícia, entre os feridos há alguns estrangeiros.

A capital da Tailândia tem permanecida relativamente pacífica desde que um golpe militar derrubou o governo civil em maio do ano passado, depois de vários meses de violentos protestos políticos contra o governo anterior. No entanto, o país tem enfrentado alguma tensão nos últimos meses depois que a junta governante deixou claro que não poderá realizar eleições até 2017 e que quer uma Constituição que permitirá algum tipo de regra de emergência para tomar o lugar de um governo eleito.

Carros-bomba são quase desconhecidos em Bangcoc, mas têm sido usados no sul da Tailândia, onde uma rebelião separatista muçulmana ocorre há vários anos. Fonte: Associated Press.