Um suicida se explodiu hoje em Grozny, capital da Chechênia, deixando pelo menos cinco feridos, informou uma porta-voz dos investigadores locais. Ela acrescentou que os feridos foram levados para um hospital e não está claro se algum deles corre risco de morte. Agências de notícias russas informaram que a explosão foi causada por um suicida que se aproximou de policiais que trabalhavam no centro da capital chechena. Autoridades locais, favoráveis ao Kremlin, e nas regiões do norte do Cáucaso enfrentam uma insurgência islâmica que já matou vários civis e policiais.

A explosão ocorreu perto de um teatro de Grozny. A agência de notícias russa ITAR-Tass citou uma fonte do setor de segurança afirmando que se trata de um ato terrorista. A Chechênia foi atingida, desde 1994, por duas guerras entre separatistas e forças russas. A violência e os confrontos continuam, apesar de as ofensivas em grande escala não mais ocorrerem. Com informações da Dow Jones.