Uma explosão em um mercado de uma aldeia no nordeste da Nigéria matou 32 pessoas, informaram as autoridades do país.

O ataque terrorista ocorreu na quinta-feira passada, mas por conta da comunicação falha na região só agora foi relatado pela polícia. Segundo autoridades, 29 pessoas morreram imediatamente. A aldeia em que ocorreu o incidente se chama Ngurosoye é próxima da fronteira com Camarões, onde os militares nigerianos vem realizando bombardeios aéreos e incursões em terra contra militantes islâmicos.

Um funcionário do hospital que prestou socorro aos feridos informou que outras três pessoas morreram entre sexta-feira e sábado. As autoridades disseram que o número de mortos pode subir uma vez que há muitas vítimas gravemente feridas. A maior parte das vítimas eram comerciantes. Fonte: Associated Press.