Uma pessoa morreu e 11 ficaram feridas hoje quando uma bomba explodiu em meio a um protesto realizado por sérvios de Kosovo, na cidade de Mitrovica, informou a mídia sérvia. Segundo a agência estatal sérvia Tanjug, o pediatra Mesud Dzekovic morreu no hospital após ser ferido pela bomba. Um porta-voz da polícia regional confirmou a explosão.

Os sérvios, que formam a maioria na porção norte da cidade dividida etnicamente, reuniram-se para protestar contra a abertura de um escritório do governo kosovar, informou um porta-voz da polícia regional. O dispositivo explodiu após a polícia bloquear um grupo de várias centenas de sérvios que estavam se aproximando do escritório onde fica a sede da administração kosovar. Os manifestantes deixavam a área quando foi ouvida uma forte explosão.

O porta-voz disse que a polícia de Kosovo e a da União Europeia (UE) estão investigando o incidente. Em Belgrado, o presidente sérvio, Boris Tadic, imediatamente pediu que funcionários internacionais em Kosovo ajudem a “proteger a paz e a ordem, bem como evitar provocações e outras ameaças à paz”.

Já houve vários confrontos étnicos em Mitrovica envolvendo albaneses e sérvios. A maioria albanesa étnica de Kosovo proclamou a independência da região em fevereiro de 2008. A Sérvia, porém, rejeitou essa medida e a contesta na Corte Internacional de Justiça. As informações são da Dow Jones.