Explosões seguidas de um incêndio deixaram 12 mortos e mais de cem feridos numa fábrica petroquímica no leste da Tailândia, informaram autoridades locais neste domingo.

O acidente, ocorrido no sábado, forçou a retirada de mais de mil pessoas que moram ao redor do complexo industrial Map Ta Phut, o maior do país. O complexo fica na província de Rayong, a 180 quilômetros a sudeste de Bangcoc, a capital tailandesa.

As causas das explosões, que ocorreram quando trabalhadores limpavam um tanque de químicos numa fábrica da Bangkok Synthetics, uma fabricante local de borracha sintética, ainda estão sendo investigadas, segundo o governador de Rayong, Seni Jittakasem. Todos que foram obrigados a abandonar as redondezas e já retornaram às suas casas, informou Jittakasem.

O incêndio, que espalhou uma grossa coluna de fumaça por uma ampla área, foi controlado após quatro horas. As informações são da Associated Press.