Oito soldados e cinco jornalistas foram feridos em duas explosões consecutivas registradas neste sábado no sul da Tailândia, região que há anos convive com a insurreição islâmica.

De acordo com autoridades locais, a primeira bomba explodiu neste sábado em uma estrada no distrito de Ra-Ngae, na província de Narathiwat, ferindo seis soldados que estavam em patrulha. A segunda explosão ocorreu uma hora depois, a cerca de 100 metros da primeira, enquanto um esquadrão anti-bombas e jornalistas estavam chegando no local. Dois soldados da equipe anti-bombas e cinco jornalistas ficaram feridos.

Desde o surgimento da insurreição islâmica, em 2004, mais de 5 mil pessoas foram mortas nas três províncias predominantemente muçulmana da Tailândia, país predominantemente budista. As informações são da Associated Press.