Três homens mascarados sequestraram a filha de 12 anos de Evelin Banev, um conhecido criminoso búlgaro, em frente à sua casa, num subúrbio de Sofia, a capital da Bulgária.

A polícia informou que os sequestradores abriram fogo contra o carro que levava a menina para a escola e feriram o motorista, antes de capturar a garota. O motorista foi levado a um hospital.

No mês passado, Banev foi sentenciado por um tribunal de Sofia a sete anos e meio de prisão por liderar uma organização criminosa e por lavagem de dinheiro.

Banev, de 48 anos, está detido na Itália, onde será julgado por tráfico de cocaína da América Latina para a Europa no período entre 2004 e 2007. As informações são da Associated Press.