O fim de um casamento no Reino Unido gerou um problema que pode deixar muita gente de cabelo em pé, morrendo de medo.

O casal mantinha, enquanto casados, uma coleção de aranhas exóticas em casa. São mais de 200 aracnídeos. Agora, a sociedade protetora dos animais do Reino Unido está buscando um lar para as aranhas, algumas delas bem raras.

Com o divórcio as aranhas não tiveram para onde ir. A coleção tem uma tarântula laranja e outro exemplar nativo do Brasil. Quem se habilita?