Um tribunal na Finlândia identificou o suspeito de um ataque a facadas que matou duas pessoas e feriu outras oito na cidade de Turku, na última sexta-feira, como Abderrahman Mechkah, um marroquino de 18 anos que está recebendo tratamento hospitalar após ter sido baleado na perna pela polícia.

Segundo documentos judiciais divulgados hoje, a polícia regional solicitou a detenção de Mechkah, que entrou com pedido de asilo no país, por suposto homicídio, tentativa de homicídio e crimes terroristas.

O tribunal informou ainda que outros quatro marroquinos teriam participado do ataque, “com propósito terrorista”.

Investigadores apuram possíveis ligações do caso finlandês com ataques extremistas ocorridos na semana passada na Espanha, onde o principal suspeito foragido é marroquino. Fonte: Associated Press.