Forças de segurança sírias mataram pelo menos quatro pessoas e feriram dezenas ao dispararem contra manifestantes na cidade de Douma, ao norte de Damasco, disse uma testemunha à agência France Presse.

Fiéis saíram das orações semanais de sexta-feira na principal mesquita de Douma, a 15 quilômetros da capital síria, e começaram a atirar pedras contra as forças de segurança, que revidaram, matando pelo menos quatro pessoas, possivelmente mais de dez, disse a testemunha.

As manifestações pedindo reformas e o fim das quase cinco décadas de estado de emergência tiveram início na Síria em meados do mês passado. As informações são da Dow Jones.