A Geórgia já se rearmou totalmente desde o fim da guerra travada há menos de um ano com a Rússia, afirmou hoje o comandante do Estado-Maior das Forças Armadas russas, general Nikolai Makarov. Citado por agências russas de notícias, o comandante disse que a Geórgia possui hoje mais armamentos do que em agosto do ano passado, quando teve início a guerra entre os dois países. Na ocasião, a Rússia derrotou os militares georgianos e reconheceu a Ossétia do Sul como um país independente.

Os comentários de Makarov são os mais recentes de uma série de acusações cada vez mais beligerantes entre os governos de Moscou e Tbilisi, levando alguns analistas a especularem que os dois lados poderiam estar se preparando para novos confrontos. Em Tbilisi, capital da Geórgia, oficiais do Exército se recusaram a comentar as acusações. O ministro georgiano da Defesa, Vasil Sikharulidze, está em visita aos Estados Unidos.