O México disse que não assinou um acordo com os EUA para que os migrantes que solicitarem refúgio neste país permaneçam em território mexicano durante o processo jurídico, esclareceu ontem o chanceler Marcelo Ebrard.

Alguns setores mexicanos interpretaram que o governo de Andrés Manuel López Obrador havia assinado um acordo para criar um “Terceiro Estado Seguro”, conceito diplomático no qual um solicitante de refúgio realiza o trâmite no país para o qual o pedido não é destinado.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.