Incendiários mascarados retiraram passageiros de um trem do metrô de Atenas e tocaram fogo nos vagões, disse nesta terça-feira (3) a polícia grega. Segundo os policiais, vários vagões de dois trens foram destruídos, mas ninguém ficou ferido. O ataque aconteceu numa estação de superfície do metrô, no subúrbio de Kifissia, periferia da capital grega, após a uma hora da madrugada desta terça-feira.

A polícia diz que um grupo de pessoas com máscaras de carnaval forçou os passageiros a saírem dos vagões e então encheu os veículos com gasolina antes de atear fogo. Os incendiários usaram coquetéis Molotov para detonar os incêndios e também atacaram um segundo trem que estava vazio. Trinta bombeiros com dez caminhões conseguiram extinguir o incêndio, mas seis vagões de uma composição ficaram destruídos e outros três do segundo trem foram danificados, disseram as autoridades.

A estação de Kifissia ficou fechada nesta terça. Ataques incendiários de pequena escala são comuns na Grécia, embora se restrinjam a símbolos da autoridade do governo, a agências bancárias e concessionárias de automóveis. Os ataques são feitos por grupos de extrema esquerda e as detenções são raras. A intensidade dos ataques aumentou nos últimos meses, após a polícia ter matado um adolescente em um tumulto.