O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Chuck Hagel, chamou o desenvolvimento de armas nucleares da Coreia do Norte de uma “ameaça crescente” para os EUA e seus aliados.

Em um telefonema na terça-feira à noite para o ministro da Defesa chinês, Chang Wanquan, Hagel citou a busca da Coreia do Norte por armas nucleares e mísseis balísticos e disse que Washington e Pequim devem continuar a cooperar sobre estes

problemas.

Um comunicado do Pentágono que descreveu o telefonema também revelou que o general Martin Dempsey, líder dos chefes do Estado Maior Conjunto, visitará a China ainda neste mês. Esta será a primeira viagem de Dempsey à China como chefe do Estado Maior Conjunto.

Hagel também convidou o ministro da Defesa da China a visitar os Estados Unidos

neste ano. As informações são da Associated Press.