A campanha da candidata democrata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton havia agendado uma visita dela à Charlotte no domingo mas cancelou o evento horas depois. A agenda foi adiada para a semana seguinte em meio a preocupações com segurança.

Tanto Hillary como seu rival republicano, Donald Trump, disseram que planejavam ir à cidade nos próximos dias. Charlotte foi o epicentro de violentos protestos depois da morte de um homem negro por policiais.

A campanha de Hillary afirmou na sexta-feira que ela planejava voar para a cidade no domingo, mas mudou de posição mais tarde depois que a prefeita de Charlotte, Jennifer Roberts, pediu o adiamento para evitar sobrecarregar os recursos de segurança.

“Depois de uma maior discussão com líderes comunitários, decidimos adiar a viagem de domingo para não impactar os recursos da cidade”, declarou Jennifer Palmieri, a diretora de comunicações da campanha de Hillary. “A candidata vai planejar uma viagem a Charlotte no próximo domingo se as circunstâncias permitirem”, acrescentou. Fonte: Dow Jones Newswires.