Um homem armado invadiu uma delegacia no nordeste da Bósnia gritando “Allahu akbar” (Alá é o maior) nesta segunda-feira, matando um policial e ferindo outros dois, segundo autoridades.

O homem acabou morto durante o ataque, ocorrido na cidade de Zvornik, segundo uma porta-voz da polícia. Zvornik é uma cidade na parte servo-bósnia do país e está localizada na fronteira com a Sérvia. Durante a guerra de 1992 a 1995, quase todos os muçulmanos dessa cidade foram expulsos ou mortos, como parte da campanha militar sérvia. Apenas alguns milhares deles retornaram à região, depois da guerra.

O ministro da Segurança, Dragan Mektic, disse que o homem invadiu a delegacia com um rifle automático e acabou morto na troca de tiros com a polícia, ainda dentro do local.

O imã da mesquita de Zvornik, Mustafa Muharemovic, condenou o ataque. O presidente regional, Milorad Dodik, disse acreditar que o agressor foi instruído por alguém, ainda que tenha agido sozinho. Fonte: Associated Press.