Um homem do Missouri foi detido nesta sexta-feira, acusado por autoridades federais dos Estados Unidos de fazer ameaças a organizações judaicas em nome de uma mulher com quem teve um relacionamento. Promotores em Manhattan acusaram Juan Thompson, de 31 anos, de ameaçar centros da comunidade judaica e escolas em nome da mulher, que trabalha em uma organização de serviço social na área de Nova York, e também no próprio nome dele. Os dois tiveram um relacionamento entre 2015 e 2016, segundo as autoridades.

Um advogado de Thompson não havia sido ainda localizado. Ele pode pegar cinco anos de prisão, se condenado.

Thompson trabalhou como jornalista no site The Intercept entre novembro de 2014 e janeiro de 2016, mas o site disse que ele foi demitido por inventar fontes e declarações. Fonte: Dow Jones Newswires.