Diplomatas de diversos países estrangeiros lotados em Londres terão de encontrar um novo banco para receber seus salários depois de o HSBC ter decidido retirar-se de dezenas de embaixadas na capital britânica.

O presidente dos Corpos Consulares de Londres, Bernard Silver, disse que e medida afeta os funcionários de mais de 40 embaixadas, consulados e outras missões diplomáticas em Londres. Não há detalhes sobre quantos diplomatas serão afetados pela medida.

No sábado (3), o HSBC informou uma série de razões para se retirar das missões diplomáticas e alegou que “as embaixadas não são exceção” à revisão de negócios que o banco vem promovendo.

A Secretaria de Exterior do Reino Unido recusou-se a detalhar números, limitando-se a informar que “diplomatas receberam um aviso para procurar um novo banco”. Fonte: Associated Press.