O Iêmen deverá realizar eleições presidenciais em 21 de fevereiro de 2012 em conformidade com um acordo que levou à renúncia do presidente Ali Abdullah Saleh, informou o vice-presidente Abdrabuh Mansur Hadi por meio de um decreto publicado hoje.

O vice-presidente, para quem Saleh transferiu o poder sob os auspícios do acordo mediado pelos países do Golfo Pérsico, assinou o decreto que antecipou as eleições que tinham sido inicialmente marcadas para 2013. As informações são da Dow Jones.