O furacão Igor ganhou força e tornou-se um furacão de categoria 2 pela escala Saffir-Simpson, com ventos máximos sustentados de 241 quilômetros por hora, movendo-se para o oeste a 20 quilômetros por hora. A expectativa é de que Igor mantenha a mesma direção nos próximos dois dias, mas a velocidade de deslocamento deve diminuir.

Igor deve continuar a ganhar força e tornar-se um grande furacão com ventos de pelo menos 178 quilômetros por hora na noite de amanhã. A tempestade não representa uma ameaça imediata ao continente.