Milhares de pessoas sem pátria que há décadas viviam na fronteira mal definida entre a Índia e Bangladesh conquistaram sua cidadania neste sábado. Os dois países se uniram para permitir que os moradores da divisa pudessem escolher a qual nação querem pertencer e realizar as mudanças necessárias, traçando demarcações de forma mais objetiva.

Em comemoração, os apátridas do vilarejo de Dashiarchhara lançaram 68 balões e acenderam 68 velas, simbolizando os 68 anos de espera para que a disputa fosse superada. O ministério de Relações Exteriores da Índia descreveu o dia histórico como a “resolução de um problema complexo que permanecia desde a independência” em 1947.

Cerca de 37 mil de habitantes da Índia que viviam em porções do território de Bangladesh e 14 mil cidadãos deste país que moravam no vizinho receberão suas cidadanias com o acordo. A mudança das pessoas para o lado da Índia da fronteira será completado até novembro deste ano, prevê o governo. Fonte: Associated Press.