A Guarda Revolucionária do Irã derrubou dois aviões-espiões ocidentais não tripulados no Golfo Pérsico, afirmou Amir Ali Hajizadeh, diretor da divisão aérea do grupo, de acordo com informações da agência de notícias Fars.

“Os ocidentais possuem uma série de capacidades que não podem ser ignoradas, especialmente satélites, ou, por exemplo, aviões espiões que podem tirar fotos em alguns lugares”, disse Hajizadeh. Segundo ele, as aeronaves estavam sendo utilizadas principalmente no Iraque e no Afeganistão, mas ocorreram “algumas violações em nosso solo”.

“Até agora derrubamos muitos dos aviões espiões avançados. No Golfo Pérsico foram dois e essa é a primeira vez que estamos dizendo isso”, disse Hajizadeh, sem especificar quando as aeronaves foram atacadas. Ele também afirmou que todas as bases “inimigas” da região estavam dentro do alcance dos mísseis iranianos. As informações são da Dow Jones.